Ficha Técnica

O MotorMag – Portal da Mobilidade nasce do entusiasmo de cinco amigos, apaixonados pelo mundo dos automóveis, das motas e de tudo que diga respeito a mobilidade, seja com aquele “cheirinho” a gasolina ou movido por qualquer forma de energia alternativa.

Na redação temos “uma mão cheia” de recursos, uns “putos” que nos anos 90 começaram a escrever as emoções que o Mundo das Duas e Quatro Rodas envolve. Hoje estão um pouco mais maduros, com mais conhecimentos sobre a causa, mas com a mesma motivação e paixão daquele dia em que se sentaram à secretária e escreveram as primeiras linhas.

Tal como então, os passos serão dados aos poucos, mas seguros e bem estruturados.

A nossa Missão

A missão da MotorMag passa por dar a conhecer toda a atualidade, no que respeita a mobilidade autónoma e transportes, nas suas vertentes de produto, mecânica, mercado e economia, sem esquecer um quadro de Opinião, onde pretendemos “fazer barulho”.

Contactos:

redacao@motormag.pt
geral@motormag.pt

Redação:

José Alves
jose.alves@motormag.pt

Nascido para a comunicação social na “velhinha” Escola Superior de Jornalismo do Porto, José Alves tem uma carreira profissional sempre ligada à comunicação e aos automóveis. O arranque, nos anos 1990, como jornalista deu-se na extinta Rádio Lidador, com um programa semanal de automóvel, passando depois por Lisboa, no icónico Guia do Automóvel, então integrado no grupo de referência Motorpress Lisboa e uma “bíblia” de apaixonados e profissionais do setor.

Mais tarde, José Alves regressa ao Porto para integrar outro título com nome na praça, o jornal “Motor”. Aí, além de escrever sobre novos modelos, começou a acompanhar, também, a sempre interessante e fervilhante competição automóvel, em diversas modalidades.

A prova da experiência (não lhe estamos a chamar de velho, atenção) do nosso colega é que o seu percurso profissional também se estendeu ao lado das marcas. Foi, durante vários anos, o diretor de marketing e comunicação da S. Conrado, um importante concessionário oficial BMW sediado no Porto.

Voltando ao jornalismo ligado às quatro rodas, foi colaborador independente de várias publicações. Eis que agora é um dos membros fundados do MotorMag.pt, ao qual vai dá rigor, credibilidade e esforço, mas também boa disposição e disponibilidade.

Sim, talvez seja uma das suas maiores virtudes, a disponibilidade. Sabemos que tudo pode falhar, mas que o José Alves está sempre lá para nós. E por nós.

 

Miguel Cabral
miguel.cabral@motormag.pt

Nascido e criado na capital, Miguel Cabral, tem uma forte “costela” beirã e já cresceu ligado à mobilidade, por via paterna, quadro do centro de estudos da Sorefame, na Amadora.

A entrada no Mundo dos media fez-se pela Motorpress Lisboa, onde dirigiu o departamento de Base de Dados de todas as publicações do grupo, no tempo em que as tabelas técnicas de todos os automóveis vendidos em Portugal ainda chegavam via FAX… No final de cada ano era vê-lo às voltas com o Anuário Guia dos Comerciais, desde um ensaio a uma Renault Express até uma Iveco, daquelas de dois rodados, não escapava nada.

As Bases de Dados e as estatísticas do setor automóvel continuaram a enriquecer o seu dia-a-dia. Depois de uma passagem pela FleetData e pela Audatex, é atualmente Product & Project Manager, naTips4y.

Calmo e assertivo q.b., mesmo quando está a ver os jogos do Benfica… Tem na faca e no garfo as ferramentas de eleição de um dos seus hobbies. Longe vão os tempos em que nas visitas à Invicta “despachava” Francesinhas em todas as refeições, mesmo assim, não perde um belo e demorado repasto, na companhia de amigos, sempre que surge a oportunidade.

No MotorMag para além dos toques na escrita, tem um papel fundamental na parte de desenvolvimento e gestão/manutenção do projeto.

 

Luís Almeida
luis.almeida@motormag.pt

Nasceu no Porto e os gosto pelas motos e pelos automóveis, mais concretamente os jipes começaram bem cedo. Na altura em que um Clio “dois lugares” com uma blindagem artesanal, fazia inveja a alguns 4×4 nos trilhos das Serras do Porto!

Cursou na antiga Escola Superior de Jornalismo do Porto, onde dividiu com o Aquiles Pinto algumas rodadas de “loiras”… no bar da escola. Entrou nos jornais pelos Notícias de Gondomar, depois veio “o Primeiro de Janeiro” e o “Motor” onde se afirmou nas duas rodas e no Todo-o-Terreno. Os últimos anos “a tempo inteiro” na imprensa foram divididos entre a Revista 4×4 e a Revista Land Rover Entushiast (UK).

Apesar de não largar o capacete, o equipamento atual de trabalho é a toga, alargou os horizontes para a advocacia, por isso se “houver crise” é só marcar uma audiência no escritório de Gondomar.

Mesmo assim, sempre que pode é no “monte” que gosta de estar, lama, areia e pedra solta quanto melhor. Se calhar também é por isso que cada vez que regressa às raízes da família, em Trás-Os-Montes, é vê-lo a “lavrar” no meio de um olival.

Nas habilidades de piloto amador é o nosso Stéphane Peterhansel do Dakar. Nas motos é presença assídua na caravana do Lés-a-Lés e em outros raids de fim-de-semana. Nos jipes durante alguns anos, a primeira semana de dezembro estava sempre reservada para o Sin Fronteras Challenge – Rally Raid, prova disputada em Marrocos, que reúne equipas de toda a Europa e de onde trouxe algumas vezes o “Caneco”.

À mesa é um bom garfo e nada esquisito: “… uma qualquer carninha grelhada, acompanhada por um fino, serve!!”.

No MotorMag, como é fácil de perceber, é o responsável pela seção das Motos e também por tudo que diga respeito a Todo-o-Terreno.

 

Luís Neves
luis.neves@motormag.pt

Nascido e criado em Esposende, é nas esplanadas com vista para o Cávado que gosta de se “perder” a falar sobre automóveis, automóveis, automóveis… e também sobre futebol ou algumas partidas do Grand Slam. Se a tudo isto juntarmos uns belos Rojões à Moda do Minho ou uma Francesinha, com um Gin à acompanhar estão é “ouro sobre azul”, o azul… e branco do seu F.C.P.

O paixão pelos automóveis, associada a formação académica em Programação e Gestão de Redes, levaram-o ao Autoportal, um dos projectos pioneiros do on line automóvel em Portugal, acreditou desde a primeira hora num formato, quando a maioria achava que o “digital” nunca iria vingar, muito menos ultrapassar o “papel”, o tempo deu-lhe razão…

Atualmente e em paralelo com a sua atividade de desenvolvimento de sites, aventurou-se, em  2017, e sempre com o tema automóvel na ordem do dia, num projeto pessoal, o www.0aos100.pt. Aqui continua a explorar e divulgar todas as tendências do mundo motorizado, desde um simples conteúdo de atualidade até um ensaio mais detalhado de automóvel, feito ao longo de centenas de quilómetros pelas mais diversas estradas secundárias do nosso País.

No MotorMag é o chefe das operações e estará em todas as frentes, desde o desenvolvimento técnico de backoffice até à área da escrita onde é mais conhecido publicamente. O seu espírito “low profile” mas acertivo será, provavelmente… senão muitas vezes, a voz da razão neste projeto.

 

António Costa
redacao@motormag.pt

Desde sempre um apaixonado pelos automóveis, tem a sua maior inspiração na família, quando o seu avô abriu uma das primeiras oficinas na cidade do Porto, decorria o ano de 1955. O negócio que se mantém na família, foi-se adaptando à evolução tecnológica do mundo automóvel, com todos os desafios inerentes de uma indústria muito competitiva. Muitos dos seus dias de férias foram passados a “desmontar” peças na garagem. A paixão pelas duas rodas floresceu quando tinha cerca de 15 anos, no momento que o seu pai “cometeu o erro” de adquiri uma scooter nova para si, uma Honda Bali…contudo, uma queda, felizmente sem consequências, fez com que perde-se a confiança nesse meio de transporte deixando-a mais tempo pela garagem. Claro que com um jovem ávido por tudo que tinha motor, não deixou muito tempo sem trabalhar…iniciando-se o périplo pelas duas rodas!

Licenciou-se em Engenharia Mecânica, no ramo automóvel no ISEP, e mal terminou realizou um estágio profissional na Toyota Caetano de Portugal…estágio esse que demorou 14 anos, antes de tomar as rédeas no negócio de família. Na Toyota e na Lexus, esteve integrado nos departamentos de formação, de marketing e comunicação e mais tarde da divisão de vendas e após venda da Lexus. Ainda teve tempo de aprimorar as técnicas de relações públicas na Pós-gradução em Comunicação e Marca, no IPAM.

No Motormag a sua experiência do simples monocilíndrico a carburador até aos sistemas a hidrogénio, híbridos, elétricos, entre outros, será uma mais-valia a nível técnico, assim como, na avaliação de novos modelos.

 

 

 

Ana Efe

anaefe2@gmail.com

Nasceu no Porto, cidade onde cresceu a andar de moto. Começou com o seu pai, numa Macal, nos anos 70 do século passado. Chegavam a dar voltas a três, pai, mãe e a Ana no meio.

Adorava quando ele a levava à descoberta de novos “voos” por caminhos de terra batida e montanha. Sentia-se como um pássaro! Ficou-lhe para sempre entranhada no corpo aquela sensação de liberdade. Sonhava muitas vezes que voava. Como se fosse um pássaro. Certo dia, ao descer da moto, num dos passeios de verão, queimou-se no cano de escape. Essa recordação de momentos de aventura em tão tenra idade, ficou até há bem poucos anos, marcada nas suas pernas.

A sua primeira paixão foi uma Vespa PK50 XLS, preta com um carburador DELL’ORTO 19 e com a maioridade veio uma Yamaha XT 350 de Kickstarter. Desde então andar de mota conserva uma incrível simplicidade e pureza num mundo tão denso e complicado. Com o tempo, o gosto por uma estética mais retro, faz dela uma aficionada das CafeRacers e Scramblers.

Desde 2015 que dedica parte do seu tempo a projetos relacionados com o motociclismo no feminino. É fundadora das Backbone Babes, um grupo de mulheres, que vivem e celebram juntas a paixão por trilhar a estrada de moto. É também Petroleader Porto (Petrolettes).

Em 2019, fundou Motorcycle Talking Heads, projeto que tem como premissa apresentar pessoas, projetos, eventos, por meio de palestras dentro do universo das duas rodas.

Licenciada em Artes Plásticas – Escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e Mestrada pela Central Saint Martins College of Arts & Design de Londres, a sua cidade de eleição.

Artista transdisciplinar, debruça-se sobre a exploração e instrumentalização do animal na Arte Contemporânea e o especismo versus não-especismo, a corrente desconexão entre o humano e o animal. É Professora Assistente Convidada no Instituto Politécnico de Coimbra e de Viseu. Vegana e Ativista em prol da Defesa dos Direitos dos Animais. Cofundadora, Codiretora e Curadora da galeria de arte contemporânea Sput&nik theWindow, no Porto.

Periodicidade Diária